Saiba como fazer o descarte correto das embalagens de agrotóxicos

O Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV) é uma entidade sem fins lucrativos que representa a indústria fabricante de defensivos agrícolas em sua responsabilidade de dar a destinação final às embalagens utilizadas de seus produtos, devolvidas nas unidades de recebimento credenciadas de acordo com a Lei no. 9.974/2000 e o Decreto Federal no. 4.074/2002.

A legislação Federal determina responsabilidades para o agricultor, o canal de distribuição, o fabricante e o poder público. O inpEV foi criado para representar a indústria fabricante de defensivos agrícolas no papel de conferir a destinação final (reciclagem ou incineração) às embalagens devolvidas pelos agricultores.

Em Santa Maria, o posto de recebimento das embalagens vazias de agrotóxicos fica localizado na Rua Emiliano Mortari, 15, no Bairro Passo das Tropas- Acesso BR. O horário de recebimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

O papel de cada agente
Agricultor: lavar as embalagens, armazenar temporariamente na propriedade rural, devolver no local indicado na
nota fiscal de venda e guardar o comprovante por um ano.

Canais de distribuição: ao vender o produto, indicar o local de devolução na nota fiscal de venda, dispor e
gerenciar local de recebimento, emitir comprovante de entrega para agricultores, orientar e conscientizar
agricultores.

Indústria fabricante:  é responsável por toda a logística de transporte, promovendo a coleta e a destinação final das embalagens às recicladoras ou incineradoras.

Poder público: As instituições do poder público são responsáveis por:
– fiscalizar o funcionamento do sistema de destinação final.
– emitir as licenças de funcionamento para as Unidades de Recebimento, de acordo com os órgãos competentes
de cada Estado.
– apoiar os esforços de educação e conscientização do agricultor quanto às suas responsabilidades dentro do
processo.

Como separar as embalagens?

Embalagens rígidas lavadas

  • As embalagens devem estar sem sobras de água da lavagem;
  • Devem estar destampadas;
  • As tampas devem ser colocadas em um saco plástico separado

Embalagens rígidas não-lavadas (tratamento de semente)

  • As embalagens devem estar sem sobras de produtos;
  • Devem estar tampadas

Embalagens flexíveis (saquinhos de produtos em pó ou granulados)

  • As embalagens devem estar vazias;
  • As embalagens flexíveis devem ser colocadas em um saco separado

Outras instruções

  • As caixas de papelão devem ser devolvidas desmontadas (abertas e empilhadas);
  • Serão recebidas apenas embalagens de agrotóxicos (embalagens de lubrificantes, bebidas, material de limpeza, produtos veterinários ou quaisquer outras que não sejam de agrotóxicos serão recusadas);
  • Na devolução das embalagens deve ser levada uma relação com a contagem das mesmas. Por exemplo, quantas embalagens de 1 litro quantas de 5 litros, quantos sacos flexíveis, quantas caixas de papelão.

Passo-a-Passo da Tríplice lavagem (embalagens laváveis)

1. Esvaziar totalmente o conteúdo da embalagem no tanque do pulverizador;

2. Adicionar água limpa a embalagem até 1/4 do seu volume;

3. Tampar bem a embalagem e agitar por 30 segundos;

4. Despejar a água de lavagem no tanque do pulverizador e realizar a lavagem por 3 vezes;

5. Inutilizar a embalagem plástica ou metálica perfurando o fundo.

Fonte: InpEV

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.